Simuladores virtuais nos processos de ensino e aprendizagem em química no ensino médio: um estudo sobre matéria e energia

Weverton Virgilino Oliveira

Resumo


O presente estudo buscou analisar a influência dos simuladores virtuais, Physics Education Technology (PhET), nos processos de ensino e aprendizagem na disciplina de Química com alunos do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Tobias Barreto localizado em Aracaju/SE. A metodologia adotada consistiu em cinco etapas, as três primeiras incluíram o desenvolvimento de uma aula de revisão sobre o conteúdo de Matéria e Energia, utilizando os simuladores virtuais e, as outras duas, a produção de uma redação pelos discentes e a gravação em áudio de um diálogo com a professora regente da disciplina. O estudo apontou que as simulações são recursos em potencial quando aliados à prática pedagógica, o que segundo os discentes permitiu uma melhor compreensão dos fenômenos discutidos em aulas, sendo também destacado no discurso da professora o interesse e a necessidade de reflexões quanto à utilização nos processos de ensino e aprendizagem em Química. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.