Química e automedicação: contextualização para o ensino de funções orgânicas

Elizabeth Melany Garcia Gomes, Maria Clara Pinto Cruz

Resumo


O presente trabalho trata da história da temática relativa à Química e sua relação com o hábito da automedicação, visando uma contextualização para o ensino de funções orgânicas. A teorização se desenvolve a partir dos eixos: Educação de Jovens e Adultos (EJA); Contextualização no ensino de Química; O ensino de funções orgânicas na EJA; e a automedicação praticada no Brasil. A metodologia utilizada se pautou no exame das teorias, discorrendo e argumentando sobre as principais pesquisas consultadas para gerar uma reflexão. O resultado dessa atitude investigativa conduziu à necessidade de se pensar cuidadosamente acerca dos princípios regedores da Química e o perigos da automedicação. As conclusões reafirmam as ideias expostas neste Resumo e mais detalhadas ao final deste texto.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.